Resultados da sua busca

29 resultados encontrados para ""

    Eventos (1)Ver todos
    Posts do Blog (6)
    • Quarentena não é HOMESCHOOLING

      Carta aberta aos pais e mães da Bendita Escola, Vimos por meio desta dar-lhes ciência quanto ao posicionamento da Bendita Escola em relação aos últimos debates que envolvem orientações às famílias com atividades escolares destinadas as crianças em idade pré-escolar. A Educação Infantil é uma modalidade da Educação Básica cujo o objetivo é de ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades das crianças, diversificando e consolidando novas aprendizagens, atuando de maneira complementar à educação familiar. No entanto estamos vivendo uma pandemia que, momentaneamente, nos impossibilita o convívio social no ambiente escolar. Neste momento o interesse maior de todos nós, pais e educadores, é pela manutenção da VIDA. Não temos urgência em preparar nossas crianças para o futuro acadêmico, e sim em ajudá-las a compreender que somos seres naturais e que devemos cuidar dos nossos corpos como manifestação única e potente da natureza. E para isso, neste contexto de isolamento social, contamos com a compreensão de cada um de vocês, mães e pais, para o que é realmente necessário. Não se preocupem em buscar atividades direcionadas ou dicas de "como manter sua criança ocupada". APENAS VIVAM! Acolham suas crianças. Permitam que elas desfrutem de suas companhias, estejam disponíveis. Compartilhem experiências que lhes permitam protagonizar os cuidados pessoais (alimentar-se, vestir-se, higienizar-se) e os cuidados com a casa e com os alimentos. Destinem tempo de qualidade às brincadeiras. Plantem sementes e acompanhem juntos o desenvolvimento das plantas. Permitam-lhe, sobretudo, o direito de escolha. Chegará o tempo em que estaremos juntos novamente, e então poderemos constatar que a qualidade dos momentos compartilhados por vocês e suas crianças, durante a quarentena, contribuiu com o repertório de experiências a serem relatadas, revividas ou apenas refletidas em crescimento não apenas de suas crianças, MAS PRINCIPALMENTE DE VOCÊS: MÃES E PAIS. Encarem essa quarentena como uma oportunidade de viverem intensamente a infância de seus filhos. E tenham certeza de que tudo ficará bem! Nossos canais de comunicação estão abertos para troca de informações e para o apoio que lhes for necessário. Aproveitaremos os espaços virtuais para conversarmos sobre assuntos importantes do desenvolvimento dos nossos pequenos, assim como já é de práxis propormos em nossos encontros e em nossas redes sociais. Utilizaremos as recursos tecnológicos para compartilhamento de histórias que possam render bons momentos de leitura em família, para contar-lhes um pouco dos processos vivenciados pelos grupos nos últimos meses e para o envio dos registros que acompanham o crescimento da plantação realizada pelos pequenos. Desejamos que vocês se mantenham seguros e fortes. Até breve! QUARENTENA NÃO É HOMESCHOOLING!

    • "Benditas" dicas para uma boa adaptação escolar!

      Qual será o momento certo para ingressar o(a) seu(ua) filho(a) na escola? Entendemos que este momento chega quando o quintal de casa fica pequeno e a criança pula os muros para o quintal vizinho. Antes de tudo é importante compreender e aceitar que a criança também necessita de ambientes que favoreçam seu desenvolvimento, seja ele social ou cognitivo, e na idade inicial da vida é na Escola que a família encontra um aliado bastante significativo para esta nova fase da vida infantil. A Pré - Escola veio para ajudar nossos pequenos a desenvolver seus corpos correndo, subindo e escorregando na casa da árvore, a vencer a timidez no palco da imaginação, a desconstruir a insegurança ao descobrir o novo, a trabalhar em equipe e conviver com outras crianças na construção do fazer diário, ao defender-se, comunicar-se e expressar-se. Agora, entendendo a importância do ingresso da criança na Pré-Escola e para o sucesso dessa nova fase da vida inicial da criança e dos responsáveis, seguem algumas dicas: Conhecida à escola já previamente escolhida, faz-se necessário conhecer a equipe que irá atender a criança. Falar para ela de forma alegre e segura do novo ambiente escolar que irá recebê-la. A intenção é que ela sinta no responsável a segurança que ela também precisará ter para permanecer na escola. Mostre a criança o material, o uniforme e os objetos que irá usar. A separação deve se dar aos poucos. O responsável deve falar que não a está abandonando na escola e que voltará para buscá-la na hora marcada. Não engane, seja honesto(a)! Com o tempo ela irá entender que na saída o responsável irá buscá-la(o). Programe-se para permanecer na escola o tempo que for necessário. Você será o suporte da criança, procure ficar na porta da sala ou apareça quando for solicitado(a). Faça questão de mostrar ao(a) seu(ua) filho(a) que está sempre presente. Escute as novidades, faça fotos, mostre a amigos e familiares. Permita-se também viver este momento. Pode ser que em algum momento a criança tenha recaída por algum motivo. Não se desespere! Procure a Escola e juntos inicie uma readaptação até que a criança sinta-se seguro(a) novamente. E você também! E por último... esta separação dependerá muito mais do responsável do que da criança. O sucesso da adaptação está no sentimento emocional que é passado para a criança e da necessidade desta em encontrar novos horizontes. Andréa Maciel Psicóloga - Bendita Escolinha

    • A escola como espaço de incentivo ao consumo de alimentos orgânicos

      Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, a idade pré-escolar, de 2 a 6 anos, é considerada uma fase de extrema importância no que diz respeito ao processo de maturação biológica e ao desenvolvimento sócio-psicomotor. Além disso, nesta fase a criança começa a criar independência e a formar hábitos alimentares para toda vida. No ambiente escolar, a criança estabelecerá o primeiro contato com refeições fora de casa. Por isso, é importante que a escola promova educação alimentar, encorajando a aceitação de alimentos saudáveis e possibilitando que as crianças entendam a relação entre alimentação e saúde para que, assim, estabeleçam atitudes positivas frente aos alimentos e à alimentação. A atenção ao que as crianças estão consumindo observando, principalmente, a origem dos alimentos é uma preocupação que, quando inserida no contexto escolar, contribui diretamente com o processo de construção de bons hábitos. É preciso propiciar reflexões sobre o quanto os alimentos orgânicos são benéficos à saúde. A Nutricionista Hellen Mesquita* afirma que o alimento orgânico é aquele que tem plantio e cultivo da maneira mais natural possível, que não faz uso de agrotóxicos e pesticidas ou adubos sintéticos. Dessa forma, cria-se uma harmonia entre o que é produzido e a natureza, de forma a preservar a terra, a água, o ar e a fauna da região. Os alimentos orgânicos são produzidos em menor escala, mas com muita atenção, cuidado e qualidade. Por não fazer uso de agrotóxicos em sua produção, são alimentos saudáveis, leves e muito mais saborosos, além de serem ambientalmente corretos. Alimentos orgânicos são os alimentos produzidos com métodos que não utilizam agrotóxicos sintéticos, transgênicos ou fertilizantes químicos. Atualmente o Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do Mundo e ao longo dos anos a legislação vem permitindo doses cada vez maiores desses venenos. O uso indiscriminado desses produtos agravam doenças, prejudicam a fauna e flora, podendo contribuir para o surgimento de câncer. Estudos têm comprovado a utilização de agrotóxicos e a incidência de autismo. Para Hellen, a importância de se comer alimentos orgânicos está justamente relacionada à isenção da utilização dos agrotóxicos: “são alimentos mais bonitos, mais coloridos e que estão mais ricos nutricionalmente.”. Permitir que as crianças conheçam a origem dos alimentos, participem de plantios e colheitas, manipulem os alimentos in natura, atuem na higienização e preparo das refeições são estratégias que contribuem para um pleno desenvolvimento do corpo, da mente e do meio ambiente. Para fomentar o consumo de alimentos orgânicos a escola pode, também, estabelecer parcerias com quintais e pequenas hortas locais. Da natureza ao refeitório da escola - Os quintais-amigos da Bendita Escolinha fornecem tangerina, acerola, banana, cajá, caqui, limão, tomate entre outros. *Hellen Mesquita - Nutricionista da Bendita Escolinha

    Ver todos
    Páginas (11)
    • Início | Bendita Escola de Educação Infantil

      SEJA BEM-VINDO À BENDITA ESCOLA A Bendita Escola de Educação Infantil é um espaço que se propõe, para além das práticas educativas, construir memórias. Entendemos a infância como um momento repleto de particularidades e significâncias, por isso acreditamos na importância de uma educação humanista que respeite a individualidade da criança, contribuindo para que ela possa desenvolver-se com autonomia, ludicidade e contato com a natureza. NOSSOS GRUPOS Berçário Bebês de 7 meses a 1 anos e 11 meses. Saiba Mais >> Maternal Crianças de 2 anos a 3 anos e 11 meses. Saiba Mais >> Pré-escola Crianças de 4 anos a 5 anos e 11 meses. Saiba Mais >> LIVRE BRINCAR Um espaço onde a criança investiga, experimenta e aprende.

    • Apoie a Bendita | Bendita Escola de Educação Infantil

      Bendita é pé na terra, canto de passarinho. É história contada à sombra da árvore, banho de mangueira. Bendita é bolo no forno e pintura na parede. Em fevereiro de 2018, no bairro de Pedra de Guaratiba, Rio de Janeiro – RJ, a Bendita Escola iniciou suas atividades. No coração, pulsava um desejo materno por uma Educação Infantil viva e potente. Um lugar que compreendesse a complexidade da Primeira Infância e o valor das práticas pedagógicas participativas na constituição de seres humanos livres, conscientes e engajados. ​ "... A gente descobre que o tamanho das coisas há que ser medido pela intimidade que temos com as coisas. Há de ser como acontece com o amor..." [Manoel de Barros] ​ No início éramos três mães empenhadas em fazer da escola um espaço acolhedor e encantador para os nossos filhos: primeiros alunos da Bendita. ​ Ao passar dos meses novas crianças e famílias foram chegando e, aos poucos, o quintal foi ganhando ainda mais olhares curiosos, investigações e descobertas. O quintal se fazia um lugar no qual a natureza não era mero cenário para as brincadeiras das crianças, era espaço de VIDA e de interação potente com os elementos naturais. ​ Mas nossos sonhos eram grandes, tão grandes que não cabiam mais no espaço em que estávamos. E assim, partimos em busca de um novo quintal. Adaptações, investimentos e muito trabalho! ​ Em fevereiro de 2020 inauguramos nossa nova casa. Tantos eram os motivos para celebrar. Pelo primeiro ano tínhamos três agrupadas: Berçário, Maternal e Pré-escola; tínhamos um cantinho especial para os bebês; um quintal repleto de natureza; novas professoras regentes e excelentes profissionais das linguagens que tanto esperávamos: Inglês, Psicomotricidade e Yoga. Estávamos vivendo o período de acolhida com a alegria de ver nossa escola crescendo numa trajetória consistente de cuidado e compromisso com o apoio ao desenvolvimento de bebês e crianças. ​ Mas os colinhos, as brincadeiras e os encontros foram interrompidos pela pandemia da COVID-19. Nos despedimos numa sexta-feira, 13, sem imaginar que ficaríamos tanto tempo distantes daquele lugar no qual descobríamos diariamente a essência de viver junto. ​ O fechamento da escola e o isolamento social se faziam necessários para garantirmos a segurança de toda a comunidade escolar. No entanto, na medida em que os meses chegavam mais e mais famílias se despediam. A evasão escolar passou a ser uma dura realidade que afetava diretamente na continuidade da nossa escola. ​ Embora tanta coisa tenha sido interrompida, os sonhos insistiam em prosseguir... Buscamos formas de nos reconectar usando a tecnologia e encontramos maneiras de nos reencontrar, abrindo o quintal para uma família por dia com toda cautela e cumprindo os protocolos de biossegurança. Assim, fomos caminhando. “Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses” [Rubem Alves] Casulo Por Luiz Philippe 2 anos e 7 meses Com o cenário de incertezas sobre o atendimento presencial para 2020 e uma gama significativa de pendências financeiras, prosseguir é um desafio. Por isso queremos convidar a toda comunidade educativa para participar do nosso FINANCIAMENTO COLETIVO. ​ ... Assim, as pedrinhas do nosso quintal são sempre maiores do que as outras pedras do mundo. Justo pelo motivo da intimidade.” [Manoel de Barros] Acreditamos na importância da Bendita Escola como oferta de Educação Infantil na localidade de Pedra de Guaratiba, que ao longo do tempo esteve marcada pelo tradicionalismo e pelas pedagogias transmissivas. Lutar pela garantia da continuidade de um modelo de educação sociointeracionista, que considera as cem linguagens e o protagonismo da criança e que promove o desemparedamento da infância, com a permanência da criança na natureza, é nutrir a responsabilidade social de manter vivo um exemplo de prática ressignificada com o intuito de continuar promovendo reflexões e transformações nos olhares dos pais, mães, responsáveis, cuidadores, educadores e demais escolas da comunidade no apoio a Primeira Infância. Precisamos resistir! E queremos contar com a participação de todos. APOIE A BENDITA ESCOLA! Assim como a construção da bendita Escola se dá em comunidade, com a participação ativa das famílias e equipe numa relação horizontal com a escola, este financiamento coletivo também o é. As recompensas serão realizadas e oferecidas pelas próprias mães, pais e educadores da Bendita Escola, que estão se unindo para que você receba um pouco do nosso carinho na sua casa. As recompensas são, para além de uma contrapartida à sua contribuição, uma possibilidade de expandir e fortalecer os serviços que cada família oferecerá. ​ Além de conhecer cada recompensa ali no canto direito da tela, você pode entrar neste em nosso site e acessar o PDF da campanha para conhecer um pouco mais do que preparamos para você! ​ Se você tiver alguma dúvida, também pode entrar em contato com a gente: E-mail: contato@benditaescola.com.br ​ WhatsApp: Felipe Braz (21) 97933-8841 O valor arrecadado será usado para cobrir parte dos gastos da Bendita Escola, para complementar a renda dos próximos meses, garantindo a permanência do salário da equipe e o pagamento de custos necessários para que o projeto continue. Sendo assim: Como qualquer outra escola independente, a Bendita Escola depende neste momento da generosidade de nossa comunidade para manter nossa instituição. ​ A mensalidade é definida com a expectativa de que a escola terá 100% de autonomia no ano letivo indicado. Porém, com a pandemia de COVID-19 e logínquos 6 meses de fechamento, estamos iniciando esta rede de apoio. ​ Todos as doações, grandes ou pequenas, fazem a diferença na manutenção da educação e da comunidade da Bendita Escola de Educação Infantil. A chave é participar no nível que seja significativo para sua família. Em breve você poderá navegar para saber as muitas maneiras diferentes de fazer uma doação. APOIE

    • 1ª BENDITA-FEIRA DE TROCA DE BRINQUEDOS | Bendita Escolinhda de Educaç

      1ª BENDITA-FEIRA DE TROCA DE BRINQUEDOS A Bendita convida a todos para uma manhã de muitas brincadeiras e atividades para curtir em família na 3ª edição do “Bendita de Portas Abertas”. ​ Teremos contação de história, construção de bonecos de retalhos e livre brincar na natureza. Com o objetivo de promover uma reflexão sobre a relação criança X consumo, o evento trará também a 1ª Feira de Troca de Brinquedos para crianças a partir de 5 anos e um bate-papo com papais e mamães engajados em dialogar sobre o consumismo infantil. ​ Regulamento • A 1ª Bendita-feira de troca de brinquedos será um espaço para trocarmos brinquedos, brincadeiras, experiências e, claro, afeto. • Teremos pessoas para te ajudar e tirar dúvidas. Fique à vontade para procurá-las. • Ofereceremos adesivos para identificar as crianças, seus brinquedos e espaços para troca (esteira, canga ou tecido). Mas solicitamos que traga uma foto da criança para facilitar os encontros e interações, para as crianças pré-leitoras. • Explique o que significa trocar para as crianças que estiverem com você. Assim, o processo acontecerá de maneira mais tranquila, sem arrependimentos e frustrações. • As trocas devem acontecer com o consentimento das crianças envolvidas. Se uma criança não quiser trocar, respeite sua decisão. • Mães, pais e responsáveis podem ajudar na mediação das trocas entre as crianças quando acharem necessário. • Pessoas desacompanhadas de crianças não podem participar das trocas. • Qualquer criança pode apropriar-se dos “brinquedos sem dono”. Seja apenas para brincar com eles no espaço da Feira ou para levá-los pra casa. No entanto, as crianças que não trouxeram brinquedos para trocar e querem participar têm prioridade. • Ao inscrever sua criança, O RESPONSÁVEL autoriza a BENDITA ESCOLINHA DE EDUCAÇÃO INFANTIL, a título gratuito, a usar imagem e voz do PARTICIPANTE DA 1ª BENDITA-FEIRA DE TROCA DE BRINQUEDOS e/ou de seu Representante Legal, para fins exclusivos de divulgação e exibição por tempo indeterminado, reproduzindo-a ou divulgando-a, sem distinção da mídia utilizada ou meio de comunicação, públicos ou privados, vetada terminantemente a identificação de qualquer das partes (participantes e/ou responsáveis), de seus nomes ou endereços. Por esta ser expressão de livre vontade, o responsável autoriza o uso sem que nada haja a ser reclamado a título de direitos autorais ou conexos de imagem. • Em nenhuma hipótese poderá a imagem do(s) PARTICIPANTES(S) ser utilizada de maneira contrária à moral ou à ordem pública. ​ A participação é recomendada para crianças maiores de 5 anos. Inscrição As inscrições serão feitas através do formulário ao lado. Caso haja alguma dívida, é só entrar em contato através dos seguintes canais: ​ 21 97933-8841 WhatsApp: E-mail: pedagogico@benditaescolinha.com.br preencrer_formulário Preencher formulário "Trocar é mais divertido!"

    Ver todos

© 2021 por Bendita Escola de Educação Infantil

(21) 4107-8932 | (21) 97933-8841

  • Facebook - Bendita Escola
  • Instagram - Bendita Escola
  • whatsapp-BRANCO-300x300
  • YouTube - Bendita Escola